quarta-feira, 6 de novembro de 2013

O QUE TEM EM COMUM MEU BOLO DE LARANJA E O GRUPO SAFTJ?

A colega e amiga Danila Berlitz (de echarpe) coordena o GRUPO SAFTJ - passeio no Catamarã à cidade de Guaíba (minha Terra natal)



 
O bolo de laranja que fiz ...
 
 
Primeiro, precisa existir a vontade de se fazer algo, de traçar um objetivo;
Segundo, como tudo na vida: os resultados dependem unicamente de nossas ações.
 
Assim, duas situações bem distintas se tornam comuns porque ambas nasceram ora do desejo de saborear um bolo ora da vontade de agruparmos pessoas que se querem bem.
 
Neste dia 06 de novembro, Danila Berlitz que coordena um Grupo de aposentados da Justiça Estadual, marcou de fazermos, juntamente com seus colegas, um passeio pelo rio até a cidade de Guaíba, aliás onde nasci e reside minha família.
 
Por minha vez, pensei que seria tão bom fazer um bolo de laranja e deixar para comê-lo quando retornasse deste passeio e lá fui pôr em prática o que não gostaria que permanecesse apenas como sonho.
 


 
No Catamarã - parte das amigas sorridentes e satisfeitas pela doçura de uma tarde de novembro
 
 
Viva a autonomia de voo nessa vida de aposentados!
 
E, assim como não esqueci do fermento para crescer meu bolo, a Danila teve o cuidado de lembrar de confeccionar um Adesivo do GRUPO SAFTJ que serviu de identificação para desfrutarmos uma tarde maravilhosa.
 


 
 
Mas respondendo a minha pergunta na chamada deste texto:
 
O que existe em comum entre meu bolo de laranja e o passeio da Danila e o GRUPO SAFTJ é a certeza de que simples atividades podem resultar em preciosas relíquias de recordação eterna.
 
Obrigada Danila...
Obrigada amigas e colegas de trabalho...
Ah! e obrigada mana Rosa, que estava lá na chegada do Catamarã para me dar um beijo.
 
Dormirei satisfeita por ter feito meu bolo e com o coração agradavelmente encoberto pela doçura de minhas amigas.
 
Maria Marçal


0 COMENTÁRIOS: